Rede Voltaire

Hatoyama renuncia á deslocação da base militar dos EUA de Okinawa

+

O primeiro-ministro japonês Yukio Hatoyama, anunciou aos seus compatriotas que não poderá deslocar a base militar dos EUA de Futenma, contrariamente á sua inicial promessa em campanha eleitoral.

O Sr. Hatoyama foi eleito em Setembro de 2009 sob condição de reavaliar as relações nipo-americanas incluindo a deslocação dos 20 000 Marines que se encontram na ilha de Okinawa. Hoje admite que não avaliou correctamente as exigências logísticas dos EUA. Proporá ao Pentágono a retirada ou re-localização de vários serviços, mas não encontrou uma solução que satisfaça todos os requisitos.

Esta reviravolta foi muito mal recebida pela opinião pública. As últimas sondagens são-lhe muito desfavoráveis. O seu partido poderá obrigá-lo a apresentar a sua demissão ainda antes das eleições senatoriais em Julho.

Tradução
David Lopes

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.