Rede Voltaire

Manifestação em Istambul para protestar contra a guerra

+

Enormes manifestações contra a guerra na Síria têm-se desenrolado na Turquia, desde há vários meses, mas só nas regiões de cultura árabe ou nas regiões curdas. Quinta-feira 4 de outubro de 2012, pela primeira vez, uma ampla manifestação atravessou toda a Istambul, a maior e mais populosa cidade da Turquia, ao grito de: «esta guerra não é nossa

A escolha do governo do senhor Erdogan de entrar em guerra ao lado da OTAN contra a Líbia, e depois de apoiar a guerra secreta contra a Síria levou à quebra brutal do crescimento económico do país.

Além do aspecto económico sentido pelo conjunto da sociedade turca, certos sectores da população turca sentem-se particularmente solidários com o povo sírio e com o regime de Damasco. É o caso de um milhão de árabes, 15 milhões de curdos e 15 milhões de alevitas.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
Autores: diplomatas, economistas, geógrafos, historiadores, jornalistas, militares, filósofos, sociólogos ... poderá enviar-nos seus artigos.
Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.