Rede Voltaire

Rússia pronta para destruir o «escudo anti-míssil» da OTAN

+

Segundo o semanário alemão Bild, a Rússia instalou uma dezena de baterias de misseis de tipo Inskander-M no enclave russo de Kaliningrado, situado dentro da União Europeia.

Esses misseis de grande precisão, com um alcance de cerca de 500 quilómetros, não se instalam em silos, antes são operados a partir de unidades móveis –de 6 camiões cada uma– e são capazes de destruir parte das instalações do «escudo anti-misil» instalado pela OTAN em pleno coração da Europa. Segundo a Bild, também poderiam ser utilizados num golpe contra Berlim, a 527 quilómetros do enclave russo.

«Putin stationiert Raketen für Atomsprengköpfe» (Alemão= Putin estaciona Foguetes para ogivas nucleares-ndT), por Franz Solms-Laubach, Bild, 14 de Dezembro de 2013.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.

Grandes obras do Pentágono à nossa custa
“A Arte da Guerra”
Grandes obras do Pentágono à nossa custa
Manlio Dinucci, Rede Voltaire
 
Itália-Israel: A «Diplomacia dos Caças»
«A Arte da Guerra»
Itália-Israel: A «Diplomacia dos Caças»
Manlio Dinucci, Rede Voltaire
 
De Catarina II a Vladimir Putin
De Catarina II a Vladimir Putin
Thierry Meyssan, Rede Voltaire
 
Nasce a PESCO, da costela da NATO
A Arte da Guerra
Nasce a PESCO, da costela da NATO
Manlio Dinucci, Rede Voltaire
 
Na ONU, a incapacidade USA de admitir a realidade
Quatro vetos sucessivos sobre a mentira de Khan Sheikhun
Na ONU, a incapacidade USA de admitir a realidade
Thierry Meyssan, Rede Voltaire