Rede Voltaire

Negociações entre Cabul e os Talibãs no Catar

+

Os Talibãs mostraram-se muito abertos a um possível acordo de partilha do poder no Afeganistão, aquando das negociações que acabam de começar no Catar. No entanto, eles surpreenderam o presidente Ashraf Ghani exigindo para isso que, a partir de agora, os Estados Unidos parem os ataques noturnos, libertem os prisioneiros que eles torturam, e levantem as sanções das Nações Unidas contra os seus comandantes.

As negociações são organizadas, desde 3 de maio de 2015, por uma ONG, as Pugwash Conferences on Science and World Affairs (Reuniões Pugwash sobre Ciência e Assuntos Mundiais- ndT).

Os Talibãs anunciaram que iam reabrir a embaixada haviam criado, por um breve período, no Catar em junho de 2013, e fechado um mês mais tarde, após a abdicação do emir Hamad al-Thani.

A delegação dos Talibãs declarou que eles deporiam as armas assim que as tropas estrangeiras tiverem deixado o país. Mas, o presidente Ashraf Ghani interveio para retardar a retirada das forças norte-americanas. Ele conseguiu, em março último, a manutenção de 10.000 homens.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.