Rede Voltaire

A Turquia encaminha armas e munições para os jiadistas na Síria

+

O Ministério russo da Defesa emitiu, a 3 de Junho de 2016, um vídeo feito a partir de um avião de reconhecimento. Nele vê-se longas filas de camiões(caminhões-br), vindo da Turquia e transportando armas e munições para os grupos armados de Idleb, na Síria.

É actualmente impossível dizer, com precisão, quem compõe estes grupos armados. Quando muito, sabe-se que os Ocidentais apoiam actualmente ao mesmo tempo Turcomanos, Curdos, e Árabes anteriormente membros do Exército sírio livre. Segundo os ministérios Russo e Sírio da Defesa, a maioria destes combatentes é membro da Frente Al-Nusra, ramo sírio da Al-Qaida.

O Pentágono, por si próprio, lançou de pára-quedas armas e munições no mesmo dia, em Marea. Ignora-se qual o grupo que apanhou estes fornecimentos logísticos.

A libertação de Idleb permitiria à Síria e à Rússia libertar Alepo, a segunda cidade da Síria, o que marcaria um golpe definitivo nos projectos de derrube da República e de instauração de um governo islâmico.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.