Rede Voltaire

Nenhuma ligação entre o aquecimento global e a guerra na Síria

+

O último número da revista Political Geography explora o suposto laço entre as mudanças climáticas e os recentes conflitos armados.

Um estudo dos Professores Jan Selbya, Omar S. Dahib, Christiane Fröhlich e Mike Hulme demonstra, de maneira incontestável, a ausência de ligação entre o aquecimento global e a guerra na Síria.

Desde o início das «Primaveras Árabes», inúmeros peritos afirmaram que estes acontecimentos tinham sido provocados por diversos factores, como o aumento demográfico ou, para a Síria, pelo aquecimento global. A difusão destas teorias foi encorajada pelos responsáveis políticos ocidentais afim de mascarar a planificação destas pseudo-revoluções pelos serviços secretos ocidentais, ou de justificar a urgência de abandonar as fontes de energia fósseis. Entretanto, depois da publicação do livro de Thierry Meyssan, Sous nos Yeux («Sob os nossos Olhos»- ndT), sabe-se, em detalhe, que estes acontecimentos foram concebidos em Whitehall, em 2004, baseando-se no modelo da revolta árabe de 1915 ( com Lawrence da Arábia), que este projecto foi «vendido» por Tony Blair a George W. Bush Jr, depois posto em acção de maneira conjunta pelo MI6 e pela CIA [1].

Houve, realmente, várias estações particularmente secas na Síria, entre 2006 e 2009, provocando um êxodo de famílias de camponeses para as cidades. Esta migração não envolveu unicamente 40 a 60. 000 famílias e não os ditos 1,5 milhões de rurais. E, não há nisto nenhum elemento permitindo ligar este deslocamento de população à tentativa de derrube da República Árabe Síria pelos Irmãos Muçulmanos. Por outro lado não foram os bairros que acolheram essas populações os mesmos que abrigaram os jiadistas.

Os autores do estudo Political Geography espantam-se que a teoria da ligação entre as mudanças climáticas e a guerra na Síria tenha podido ter um tal sucesso quando ela não se baseia em nada de concreto.

Tradução
Alva

Documentos anexados

 

[1] Sous nos Yeux. Du 11-Septembre à Donald Trump («Sob os nossos Olhos. Do 11-de-Setembro a Donald Trump»- ndT), Thierry Meyssan, éditions Demi-Lune, 2017.

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.