Rede Voltaire

A Arábia Saudita apoia o processo de paz russo na Síria (Lavrov)

+

O Ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, encontrou-se com o seu homólogo saudita e o Rei Salman, em Riade, nos dias 9 e 10 de Setembro de 2017.

No comunicado final, as duas partes indicam:
«O exame dos problemas do Médio-Oriente colocou a tónica na solução política e diplomática, a mais rápida possível, de conflitos e de crises persistentes nesta região estratégica, nomeadamente sobre a situação na Síria, no Iémene, no Iraque, na Líbia, na zona do Golfo e nos territórios palestinos. A Rússia e a Arábia Saudita confirmaram a convergência das suas aproximações de princípio tendo em vista o respeito rigoroso das normas do Direito Internacional, da soberania e integridade territorial dos Estados, assim como da união de esforços da comunidade internacional na luta contra o terrorismo e a ideologia extremista. "

Sergei Lavrov dirigiu-se em seguida para Amã. No decurso do breve ponto de situação com a imprensa, ele pronunciou-se de novo sobre a sua visita à Arábia e declarou:
«Sim, eu acredito que a Arábia Saudita está pronta para resolver a crise síria. Isso foi confirmado no início do processo de Astana quando a Rússia, a Turquia e o Irão lançaram este processo. Quando este processo avançou, nós recebemos a confirmação do apoio da Arábia Saudita a esta fórmula e a sua vontade de cooperar para estabelecer zonas de distensão e implementar outras iniciativas que são desenvolvidas em Astana. O processo Astana, tal como o vemos agora, é o mecanismo mais eficaz para parar o derramamento de sangue, criar as condições para permitir resolver problemas humanitários e lançar o diálogo político. Astana é o lugar certo para o diálogo directo entre o governo e a oposição armada. Eu penso que todos aqueles que apoiam esta fórmula estão interessados não só no êxito do processo, mas também na resolução da crise síria conforme o Direito Internacional e as resoluções do Conselho de Segurança da ONU».

A reunião de Astana poderia ser antecipada para 15 de Setembro.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.