Rede Voltaire

O Pentágono permite entrada de mil “daeshistas” na Síria

+

Aquando de um apontamento de imprensa, em 13 de Outubro de 2017, o Chefe de Estado-Maior russo, o General Serguey Rudskoy, indicou que os bombardeios da coalizão (coligação-pt) norte-americana no Iraque se tornam raros. Agindo assim, mil combatentes do Daesh (E.I.) puderam livremente deixar esse país para entrar na Síria.

Eles participam lá, junto com 2.000 outros combatentes, de uma ofensiva contra o Exército Árabe Sírio que acabou sendo repelida.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.