Rede Voltaire

O Líbanol poderá voltar a dotar-se de novo de um orçamento

+

O Parlamento libanês iniciou hoje seu primeiro debate orçamental desde 2005, há doze anos.

O Líbano não tem orçamento desde a vitória da «Coalizão(Coligação-pt) do 14 de Março».

Desde então, sucessivos governos saquearam o Tesouro público sem nunca ser responsabilizados.

O Líbanol é hoje em dia único «Estado» no mundo a não ter um orçamento.

O Parlamento poderá suspender o artigo 87 da Constituição que prevê a impossibilidade de adotar um orçamento sem encerrar o anterior. Ele poderá então votar um renunciando a esclarecer o que aconteceu com os bilhões (milhares de milhão-pt) de dólares em falta.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.