Rede Voltaire

O Reino Unido tenta organizar colocação em Bolsa da Aramco

+

Enquanto um acordo parecia ter sido concluído entre a Casa Branca e a Aramco para que a sua entrada na Bolsa se desse em Wall Street, e não em Riade, o Reino Unido apresentou uma nova proposta.

Theresa May propôs uma garantia de empréstimo de US $ 2 mil milhões (bilhões-br) de dólares ao gigante petrolífero se a sua colocação em Bolsa se fizesse na City londrina.

A Aramco é propriedade dos Saud. Ela é dirigida pelo Príncipe herdeiro Mohamed Ben Salman («MBS»).

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.