Rede Voltaire

A superioridade dos exércitos dos EUA em questão

+

Os peritos militares que vieram observar os combates no Iraque e na Síria são formais: em matéria convencional, o exército russo é agora superior ao exército dos EUA.

Ouvidos pela Comissão senatorial das Forças Armadas, a 7 de Fevereiro de 2018, os Generais John Murray, Joseph Anderson, Paul Ostrowski e Robert Dyess, das Forças Terrestres dos E.U.A, confirmaram a actual impossibilidade de manter, ao mesmo tempo, os armamentos do presente e de colocar em serviço outros mais avançados.

Os quatro generais afirmaram que os exércitos dos EUA seriam em breve, igualmente, ultrapassados pelas Forças chinesas.

Os generais pronunciaram-se por um aumento significativo do seu orçamento. No entanto, a crise de gestão das Forças Armadas, que dura desde há uma vintena de anos, não permite saber se esse dinheiro trará resultados ou se perderá em custos burocráticos.

Há dois anos atrás, escrevíamos: «O exército russo afirma a sua superioridade em guerra convencional», Thierry Meyssan, Réseau Voltaire, 19 octobre 2015. A partir de agora, esse é o ponto de vista oficial do Pentágono.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.