Rede Voltaire

Aliança militar secreta Emirados-Coreia do Sul

+

Os Emirados Árabes Unidos e a Coreia do Sul estão ligados por um pacto militar secreto concluído durante o período 2009-11, descobre-se no âmbito de uma investigação penal por corrupção contra o antigo Presidente Lee Myung-bak (2008-13 ) (foto).

A Coreia do Sul ter-se-ia comprometido a defender os Emirados Árabes Unidos em caso de guerra; uma cláusula que, até à data, só tinha aceite com os Estados Unidos.

Este Tratado seria a vertente militar da venda de uma central (usina-br) nuclear aos Emirados. Em Dezembro de 2009, a Electric Power Corporation (Coreia do Sul) tinha ganho um concurso contra a Areva (França), General Electric (EUA) e Hitachi (Japão) para construir um complexo nuclear com o valor de US $ 40 mil milhões(bilhões-br) de dólares. Dois dos quatro reactores de 1.400 megawatts estão quase terminados e a totalidade do complexo deverá ser entregue antes do fim de 2018.

A Coreia do Sul colocou tropas da paz
- no Sudão do Sul (unidade Hanbit),
- no Líbano (unidade de Dongmyung),
- em Omã (unidade naval de Cheonghae)
- e nos Emirados Árabes Unidos (unidade Akhl, quer dizer, «irmão» em árabe). Do total apenas os 1.600 homens destes últimos estão autorizados a combater.

O antigo Presidente Lee Myung-bak recusou comentar estas informações.

A Coreia do Sul está em vias de negociar a construção de outras centrais nucleares na região, desta vez na Arábia Saudita.

Os Emirados Árabes Unidos estão militarmente envolvidos ao lado da Arábia Saudita no Iémene.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.