A aviação israelita mata soldados iranianos na Síria
Rede Voltaire

A aviação israelita mata soldados iranianos na Síria

+

Pouco depois de o Grande rabino sefardita de Israel, Yitzhak Yosef, ter apelado para o assassinato por «razão humanitária» (sic) do Presidente Bashar al-Assad, ocorreu um ataque aéreo no centro da Síria.

O rabino Yitzhak Yosef é conhecido pelas suas provocações. Ele não representa mais que 5% dos Israelitas. Ele é filho do Grande rabino Ovadia Yosef, um dos fundadores do Partido Shas, actualmente aliado de Benjamin Netanyahu.

Dois aviões F-15 da Força Aérea israelita atacaram o aeródromo militar de Tiyas, entre as 00:25 e as 00:53 GMT, com oito mísseis teleguiados a partir do território libanês, sem penetrar no espaço aéreo sírio.

Segundo as nossas informações, esses mísseis não atingiram a base, mas os seus arredores. Mataram 14 pessoas, entre os quais vários Guardiões da Revolução iranianos.

Este ataque foi coordenado com uma operação do Daesh (E.I.) na província. Esta foi imediatamente desencadeada após a de Tiyas.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.