A França propõe mudar os estatutos da OPAQ
Rede Voltaire

A França propõe mudar os estatutos da OPAQ

+

Desde há vários meses, os membros do «pequeno grupo» (Arábia Saudita, Estados Unidos, França, Jordânia, Reino Unido) tentam eliminar a Rússia do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

No mesmo sentido, a França acaba de propor alterar os estatutos da OPAQ, a organização encarregue de verificar a aplicação do Tratado de Proibição das Armas Químicas, o que consequentemente modificaria o sentido do Tratado.

A ideia é que, uma vez que a Rússia se opôs à versão atlantista no caso Skripal e aos acontecimentos da Ghuta Oriental, a OPAQ possa decidir sem ela sobre o que aconteceu e possa designar os culpados.

Até aqui, o mandato da OPAQ permite-lhe estabelecer factos mas não atribuir responsabilidades. As decisões da Organização são tomadas por uma maioria qualificada.

A proposta francesa é a de tomar agora decisões por maioria simples, o que conferiria automaticamente o poder apenas aos Ocidentais.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.