Rede Voltaire

Londres acaba de iniciar a sua operação de falsa bandeira em Idleb

+

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, “uma provocação traiçoeira está a ser filmada na localidade de Jisr al-Choghour para fazer crer que o exército sírio utilisou armas químicas contra os civis”.

Os radicais transportaram dois bidões de uma substância tóxica clorada para Jisr al-Choghour, para tornar a representação do ataque, mais “realista”.

Equipas de filmagens de vários canais de TV do Médio Oriente e uma representação regional de uma grande cadeia norte americana chegaram hoje de manhã aos locais para filmar os vídeos.

Os serviços secretos britânicos (MI6) planearam organizar um ataque químico de falsa bandeira em Idleb, para atribuí-lo à República Árabe da Síria (denominada “o regime”) e assim justificar um ataque ocidental contra a Síria. Participariam nesse ataque, a Alemanha, os Estados Unidos, a França e o Reino Unido.

Tradução
Maria Luísa de Vasconcellos

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.