JPEG - 9.2 kb

Devido a um problema técnico no avião presidencial, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, não participará da Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

"Por razões de ordem técnica, quando o avião presidencial se preparava para deixar o Aeroporto Internacional de Maiquetía foi obrigado a abortar a decolagem", informou o ministro de Comunicação Andrés Izarra.

Chávez participaria nesta segunda-feira da Comissão Mundial sobre a Dimensão Social da Globalização na sede da ONU, onde foram discutidas ações de combate à pobreza e à fome, motivo central da visita do presidente venezuelano à Nova York.

No encontro promovido por Brasil, França, Espanha e Chile, com o aval do secretário-geral da ONU, Kofi Annan, se pretende trazer para o centro das discussões o cumprimento das chamadas Metas do Milênio para a diminuição da fome mundial. A meta é que os países incrementem a ajuda para o combate à pobreza e à fome em 50 milhões de dólares até 2015.

"O maior escândalo não é que a fome exista, mas que ela continue a existir quando temos os meios para erradicá-la", afirma a minuta da declaração final que deve ser aprovada no encontro.