Bush está ansioso por carinho. Desfrutou com prazer o recebimento sem protestos que lhe ofereceram na Bulgária. Falou com soldados desse país que participaram das guerras do Iraque e do Afeganistão. Tentou comprometê-los ainda mais com o derrame de sangue generosa nessas pacíficas guerras.

Quando os líderes do país se queixaram pela não inclusão da Bulgária no guarda-chuva de proteção contra ataques nucleares, declarou logo: terão os meios necessários para se defenderem dos mísseis de médio alcance.

De dois mil a cinco mil soldados de Bush passarão constantemente pelas três bases militares que foram instaladas pelo império na Bulgária. Como se vivêssemos no mais feliz dos mundos!

Fonte
Agence Cubaine de Nouvelles

Agência Cubana de Notícias