Agradeço-lhe pelo que tentou fazer e não conseguiu em seu país de nascimento, porque foi como uma flor arrancada prematuramente de seu talo. Deixou-nos seu estilo inconfundível de escrever, com elegância, brevidade e veracidade, cada detalhe do que passava pela sua mente. Era um predestinado, mas ele não o sabia. Combate conosco e por nós.

ONTEM se completou o 31 aniversário da matança dos passageiros e tripulantes do avião cubano que fizeram explodir em pleno voo, e nos adentramos no décimo aniversário da cruel e injusta prisão dos cinco heróis antiterroristas cubanos. Perante todos eles inclinamos igualmente nossas testas.

Com muita emoção assisti e escutei pela televisão o comício comemorativo.

Fonte
Agence Cubaine de Nouvelles

Agência Cubana de Notícias ]