A biografia de Neruda e doutros numerosos, interessantes e valentes livros, foram a sua contribuição intelectual e política às novas gerações.

A última vez que nos vimos falamos muito tempo, no início de 2005. Veio como convidado de honra do Prêmio Casa das Américas e a fazer a apresentação dum livro novo na Feira Internacional.

Há dois dias pelas 19h:30, na quinta-feira à noite, chegaram notícias do seu falecimento. Nessa mesma noite, e quase na mesma hora se deram a conhecer os vencedores do Prêmio. Volódia era tão modesto e tão decente, que parecia esperar essa notícia antes de partir.

Não direi que morreu. Passou a viver nas idéias.

Nutriu as fileiras dos que lutam e continuarão lutando por aqueles sonhos.

Fonte
Agence Cubaine de Nouvelles

Agência Cubana de Notícias