Gilberto Carvalho, chefe do gabinete pessoal de Lula, transmitiu hoje seu pesar em nome do presidente, seu governo e o povo brasileiro, e ressaltou a personalidade de Almeida, seu heroísmo e valores socialistas e humanitários.

Desde a passada terça-feira, membros de missões diplomáticas estrangeiras em Brasília e representantes de diferentes partidos políticos, legisladores, jornalistas, autoridades e brasileiros em general, têm manifestado seu mais profundo sentimento pela partida do lutador revolucionário, diz uma reportagem da PL.

Por sua vez, Correa deu os pêsames em nome próprio e do povo e governo de seu país, em mensagem recebida hoje na embaixada de Cuba em Quito.

De igual forma, Lenín Moreno, vice-presidente equatoriano, dirigiu uma nota ao líder cubano Raúl Castro, em que expressa como recebeu com profunda tristeza a notícia do falecimento de Almeida.

Fonte
Agence Cubaine de Nouvelles