Rede Voltaire

Um jornalista do jornal Haaretz devolve documentos confidenciais ás forças de Tsahal

+

Uri Blau, jornalista do diário da esquerda israelita Haaretz e actualmente exilado em Londres, negocia o seu retorno a Israel e a libertação da sua colega Anat Kamm.

Em Novembro de 2008 revelou que as forças armadas israelitas assassinaram militantes palestinianos, violando as regras restritivas impostas pela Corte Suprema. Em anexo ao seu artigo, juntou dois documentos ultra-secretos de Tsahal. Foi imediatamente perseguido por violação de segredo de Defesa.

Após uma longa investigação, foi concluído que esses documentos, e outros 2 000, foram fotocopiados por outro jornalista do Haaretz, Anat Kamm, durante o seu serviço militar. Esta foi então detida.

Segundo o Haaretz, Uri Blau terá decidido restituir os documentos ás forças armadas.

Tradução
David Lopes

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.