Rede Voltaire

Os generais da Atlantic Council prestaram homenagens aos seus parceiros humanitários

+

A Atlantic Council — principal associação de apoio à NATO — atribuiu os prémios anuais num prestigioso jantar de gala a 28 Abril 2010 em Washington.

Dentre as personalidades presentes, destacavam-se Mikhail Saakachvili (presidente da Geórgia), Aleksander Kwasniewski (ex-presidente da Polónia), José Maria-Aznar (antigo chefe do governo espanhol), mais de cinquenta embaixadores e uma centena de generais, dos quais Brent Scowcroft (anterior conselheiro de segurança nacional) e Mike Mullen (Presidente do Estado Maior Conjunto). O ex-presidente George H. Bush, que não pôde efectuar a deslocação, exprimiu-se por videoconferência.

Os generais Stéphane Abrial (França) e James Mattis (USA) receberam os prémios de leaders militares por terem conseguido a reintegração da França sob comando da NATO e por tê-la inserido no conflito Afegão. Ao receberem esta distinção, o general Abrial (antigo chefe do gabinete militar do primeiro-ministro Jean-Pierre Raffarin) demonstrou-se orgulhoso enquanto o general Mattis saudava a decisão do presidente Sarkozy de pôr termo á política gaullista.

Josef Ackermann, director do Deutsche Bank, recebeu o prémio dos leaders económicos por ter estabilizado os mercados financeiros depois dos atentados do 11 de Setembro e por ter salvado o capitalismo durante a crise financeira mundial. O banqueiro suíço, que casou com uma finlandesa, antes de deixar o seu país para dirigir um banco alemão e apoiar os EUA, apelou ao controlo da globalização.

Este ano, a Atlantic Council inovou criando um prémio para leaders humanitários de forma a encorajar a nova política do smart power, isto é, o uso da ajuda humanitária para suscitar uma americanofilia. Esta distinção foi entregue ao cantor Bono por ter mobilizado a opinião pública internacional principalmente no que diz respeito á luta contra a pobreza na África. Ele foi apresentado á assistência pelos seus amigos, o senador John McCain e pelo general James Jones (actual conselheiro de segurança nacional). Todos o felicitaram pelo excelente trabalho de comunicação realizado em conjunto com o Pentágono.

Finalmente, o antigo presidente Bill Clinton recebeu o prémio dos leaders internacionais pelo conjunto da sua obra, destacando-se o alargamento da NATO, os acordos Dayton desmantelando a antiga Jugoslávia e as negociações de manutenção da Irlanda do Norte no Reino-Unido.

Tradução
David Lopes

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.