Rede Voltaire

John Kerry sopra aos ouvidos de seu diário

+

O Departamento de Estado Norte-americano distribuiu à imprensa uma argumentação escrita contra a posição russa sobre a Ucrânia depois da sublevação de 12 de abril de 2014, durante a qual paramilitares, pró-russos, ocuparam edifícios oficiais no leste do país [1].

É a segunda vez, desde que se iniciou a crise ucraniana, que o Departamento de Estado se dá o trabalho de distribuir, por escrito, sua argumentação anti-russa aos grandes meios de imprensa [2].

Conquanto Washington pudesse denunciar que as forças pró-russas estejam sob a direção de agentes russos, o resto de sua argumentação não procura senão pôr em dúvida a presença de nazistas dentro do governo ucraniano [3], e o fato que as organizações nazistas estão impondo sua própria lei nas ruas de Kiev [4].

A partir da noite de domingo, e manhã da segunda-feira, os principais meios de difusão dos países membros da OTAN repetiam em coro, ponto por ponto e sem discussão, toda a argumentação distribuída pelo Departamento de Estado.

Tradução
Alva

[1] “Informativo do Departamento de Estado sobre alegações falsas sobre a Ucrânia”, Rede Voltaire, 13 de Abril de 2014.

[2] “Informativo do Departamento de Estado: dez alegações falsas sobre a Ucrânia”, Rede Voltaire, 5 de Março de 2014.

[3] «Quem sao os nazis no governo ucraniano?», por Thierry Meyssan, Rede Voltaire, 5 de Março de 2014.

[4] “Compilação da Imprensa sobre os Direitos Humanos na Ucrânia”, Oriental Review, Rede Voltaire, 14 de Abril de 2014.

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.