Rede Voltaire

Demissão de Lakhdar Brahimi

+

Lakhdar Brahimi, representante especial de Ban Ki-moon e de Nabil al-Araby para a Síria, enviou-lhes o seu pedido de demissão. Isto tornar-se-á efectivo no dia 31 de maio. Ele manterá, claro, o seu duplo salário dobro até essa data.

O acordo estabelecido em Homs (que previa a partida dos oficiais franceses, sauditas e norte-americanos para a Turquia e a transferência dos mercenários estrangeiros para Norte), na semana passada, colocou um fim nas pretensões ocidentais de derrubar o Estado sírio e destruir o país.

A Tunísia anunciou que se opunha à nomeação do seu antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Kamel Morjane, para a sucessão do Sr.Brahimi.

Ver nosso dossiê sobre o Sr.Brahimi.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.