A Declaração de Viena de 30 de outubro de 2015 descreve o «processo político» —e não mais o «processo de transição»— a acontecer na Síria, fazendo referência ao Comunicado de Genebra de 30 de junho de 2012, assim como também à resolução 2118 [1].

Ora, aparentemente não há nenhuma relação entre o futuro político da Síria e a adesão da República Árabe da Síria à Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ).

Mas, constatamos, a 5 de novembro de 2015, que a OPAQ havia informado os 40 Estados-membros do seu Conselho Executivo que o gás mostarda tinha sido usado na Síria, em agosto de 2015, em Marea (fronteira com a Turquia), aquando dos combates entre o Emirado Islâmico e «rebeldes».

As potências atlantistas chamam «rebeldes» ou «jiadistas moderados» os combatentes que ostentam a bandeira da colonização francesa, verde, branca, preta, com três estrelas vermelhas, por oposição aos «jiadistas extremistas» da al-Qaida e do Emirado Islâmico .

Uma reunião extraordinária do Conselho Executivo da OPAQ foi convocada para 23 de Novembro, em Haia.

Até aqui pensava-se que os dados já disponíveis pela OPAQ, relativas ás utilizações de gás sarin na Síria, poderiam ser usados pelas grandes potências indiferentemente contra a República Árabe da Síria ou a Turquia, em função dos seus interesses [2]. Mas nenhum destes dois Estados pode ser colocado em causa neste novo caso.

Evidentemente, os Estados Unidos e a Rússia, concluíram antes da conferência de Viena um acordo sobre o uso desta informação.

Tradução
Alva

[1] “Joint Statement on the outcome of the multilateral talks on Syria” («Declaração Conjunta sobre os resultados das conversações multilaterais sobre a Síria»- ndT), Voltaire Network, 30 October 2015.

[2] « Premier rapport de l’OIAC sur la guerre chimique en Syrie », « Deuxième rapport de l’OIAC sur la guerre chimique en Syrie », « Troisième rapport de l’OIAC sur la guerre chimique en Syrie » («Primeiro, Segundo e Terceiro Relatórios da OPAQ sobre a guerra química na Síria»- ndT), Réseau Voltaire, 16 juin, 10 septembre et 18 décembre 2014.