Rede Voltaire

ANC acusa Washington de estar a preparar uma "Primavera Sul-Africana"

+

Discursando aquando de uma manifestação que reuniu mais de 80.000 militantes, a de 19 de Fevereiro de 2016, o secretário-geral do Congresso Nacional Africano (ANC), Gwede Mantashe, denunciou as actividades irregulares da Embaixada dos Estados Unidos, e advertiu para uma acção de desestabilização dos serviços secretos dos E,U. na África do Sul.

O ANC é o partido do Presidente do Jacob Zuma.

Retomando as acusações, o porta-voz do ANC, Keith Khoza, declarou que Washington havia recrutado e enviado para os Estados Unidos, para um curso de formação de seis meses, um grupo de jovens sul-africanos que foram de seguida dispersos pelo país. Ele precisou que o embaixador Patrick Gaspard tinha organizado várias reuniões com diversas ONGs tendo em vista preparar uma «Primavera Sul- Africana», segundo o modelo da «Primavera Árabe».

A Embaixada dos Estados Unidos negou completamente as acusações do ANC. Segundo ela, estes jovens e as reuniões que se seguiram fazem parte de um programa de educação.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.