Em Agosto de 2012, o Google criou uma aplicação para acompanhar as deserções no seio do Exército Árabe Sírio, como atesta a propósito um correio electrónico (e-mail) de Jared Cohen, director do Google Ideas para a secretária de Estado Hillary Clinton e para os seus conselheiros, William Burns, Jacob Sullivan e Alec Ross [1].

JPEG - 43.3 kb

Em seguida, o Google vendeu esta aplicação ao canal catari Al-Jazeera, que recebeu o prémio da melhor inovação técnica dos Média digitais "online". Esta recompensa é atrubuída por um grupo fundado pela agência britânica de comunicação Drum Network, da qual o Google é accionista.

No entanto, o resultado da aplicação mostrou-se decepcionante: as deserções no seio do Exército Árabe Sírio nunca excederam as 25.000 (embora, tendo em conta a violência da guerra e do número de baixas, os actos de insubordinação atingiram os 130. 000), razão pela qual a aplicação foi retirada pela Al-Jazeera.

Tradução
Alva

[1] Hillary Clinton e-mail.