Rede Voltaire

Construção do "Turk Stream"

+

O Presidente russo, Vladimir Putin inaugurou, a 23 de Junho de 2017, os trabalhos de construção da secção em águas profundas do gasoduto Turk Stream.

Esta obra, decidida aquando de uma visita do Presidente Putin à Turquia, a 1 de Dezembro de 2014, e cuja construção fora interrompida, em Agosto de 2015, por razões tarifárias, mas no fundo dentro do contexto da guerra na Síria, deverá permitir fornecer gás russo à Turquia. A partir daí, poderia, igualmente, servir para fazer transitar o gaz russo para a União Europeia em substituição do projecto South Stream interrompido por Bruxelas.

Estimado em seis mil milhões (bilhões-br) de dólares, o projecto prevê a construção de duas condutas com uma capacidade de 15,75 mil milhões de metros cúbicos de gás anualmente cada uma, devendo a primeira estar concluída em 2018 e a segunda no final de 2019.

Tal como o sublinhou o Presidente Putin, é extremamente raro que tais obras sejam, em geral, tão rapidamente postas em execução. Isso só foi possível graças ao envolvimento pessoal do Presidente Recep Tayyip Erdoğan, o qual busca, assim, libertar-se da tutela económica norte-americana.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.