Israel, que já obteve a interdição de Tropas iranianas ou do Hezbolla no Sul da Síria, pretende desta vez convencer quanto à necessidade de fechar a Rota da Seda. Segundo o mesmo, esta permitiria a Teerão(Teerã-br) aprovisionar o Hezbolla em armas.

Os três membros da delegação israelita (israelense-br) e do representante do Presidente Trump são todos judeus ortodoxos. Dina Powell está implicada no assassinato de Rafic Hariri e na planificação das «Primaveras Árabes». Uma delegação israelita será recebida esta semana na Casa Branca a propósito da Síria.

Ela será composta por:
- Yossi Cohen (foto), Director da Mossad (Inteligência no exterior);
- Geral Herzl Halevi, Director da Aman (Inteligência militar);
- Coronel Zohar Palti, Director dos Assuntos Político-Militares do Ministério da Defesa.

A delegação irá encontrar-se com :
- General HR McMaster, Conselheiro de Segurança Nacional;
- Dina Powell, Conselheira-adjunta de Segurança Nacional;
- Jason Greenblatt, representante do Presidente para as negociações internacionais.

Tradução
Alva