O preço do petróleo subiu acima de US $ 60 o barril. Este aumento torna de novo a exploração de certas jazidas rentável. Acima de tudo, dá meios suplementares aos países exportadores (principalmente a Arábia Saudita, a Rússia e o Irã).

De acordo com corretores especializados, a alta deverá continuar nos próximos meses. Ela poderia ser atribuída a uma dúzia de fatores, entre os quais :
- a disciplina de que tem feito prova a OPEP e seus aliados,
- a baixa de estoques(stocks-pt) de Estados importadores (para os membros da OCDE: 180 milhões de barris em menos de seis meses),
- a importante subida da demanda nos Estados Unidos (em um ano, passagem de 1,35 a 1,6 milhões de barris consumidos diariamente nos EUA),
- a incerteza política no Curdistão iraquiano e na Venezuela,
- a retomada(retoma-pt) da especulação de longo prazo no mercado do petróleo.

Tradução
Alva