Rede Voltaire

Manifestação no Curdistão contra os Barzani

+

Ao apelo do Partido Goran, vários milhares de funcionários demonstraram, em 18 de Dezembro de 2017, em Sulaymaniyah, a segunda maior cidade do Curdistão, para exigir a demissão do Governo Regional.

Os manifestantes, questionando diretamente a autoridade dos Barzani, levavam cartazes denunciando «26 anos de roubo e decisões ruins». Elementos descontrolados incendiaram a sede do Partido Barzani (sunitas), o KDP, assim como a do Partido aliado dos Talabani (xiitas), o PUK.

Desde a retomada (retoma-pt) pelos soldados iraquianos da cidade árabe de Kirkuk —ocupada ilegalmente pelo Governo Regional do Curdistão, e colonizada—, e a demissão do Presidente com mandato caducado, Massoud Barzani, a população está se rebelando contra sua família.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.