Rede Voltaire

Os Emirados, primeiro Estado a reabrir sua embaixada em Damasco

+

Segundo a agência Fars, após uma reunião entre os dois Chefes dos Serviços de Inteligência emiradiano e sírio, os Generais Mahamat Al-Chamsi e Ali Mamlouk, teria sido tomada a decisão de reabrir a embaixada dos Emirados Árabes Unidos em Damasco.

Os Emirados, que haviam já reaberto uma ligação aérea com Damasco.

O Xeque Mohammed Bin Zayed Al Nahyan (foto), o filho mais novo do soberano e homem forte do país, teria decidido inspirar boas maneiras aos Ocidentais.

Por iniciativa do Reino Unido e da França, quase todas as embaixadas na Síria foram fechadas no início da guerra.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.