Rede Voltaire

Um ministro de um Estado membro da UE em visita oficial a Damasco

+

O primeiro Vice-presidente do governo checo e Ministro dos Negócios Estrangeiros (Relações Exteriores-br), Martin Stropnický, dirigiu-se a Damasco em visita oficial. Ele foi recebido pelo seu homólogo sírio, Walid al-Muallem.

Desde o início da agressão contra a Síria, a União Europeia fechou as embaixadas dos seus Estados membros, proibiu aos cônsules sírios organizar mesas eleitorais nas suas instalações, e instituiu sanções contra a República Árabe Síria e os seus principais eleitos e funcionários.

No entanto, a Áustria, a República Checa e a Roménia mantiveram as suas embaixadas abertas.

Sob impulso do seu Presidente, Miloš Zeman, a República Checa observou os acontecimentos no terreno, apresentou relatórios à UE, e emitiu vistos Schengen às personalidades sírias que se deslocaram à União. O Presidente Zeman jamais retirou o seu apoio ao seu homólogo sírio, Bachar al-Assad.

Martin Stropnický foi, sucessivamente, Ministro da Cultura, da Defesa e agora dos Negócios Estrangeiros. Se vários líderes estrangeiros vieram em segredo a Damasco nos últimos tempos, ele é o primeiro responsável de um executivo da União Europeia a visitar a Síria publicamente desde o início da agressão estrangeira.

A Federação da Rússia e a Casa Branca chegaram a acordo, aquando da Cimeira (cúpula-br) de Helsínquia, a 16 de Julho, para por fim ao conflito. O Exército Árabe Sírio acaba de libertar todo o Sul do país (salvo a zona de Al-Tanf, ainda ocupada pelos Estados Unidos), até às fronteiras libanesa, israelita e jordana.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.