Rede Voltaire

O Pentágono reconhece ter gasto US $ 1,5 trilhões em guerras desde o 11-de-Setembro

+

De acordo com uma estimativa publicada pelo Pentágono, o custo das guerras travadas desde o 11 de Setembro de 2001, no quadro da estratégia Rumsfeld-Cebrowski, se eleva a mais de US $ 1.500 mil milhões de dólares [1]. As despesas mais importantes ocorreram no segundo mandato de George Bush Jr. e no primeiro mandato de Barack Obama.

Estes dados são contestados pela Brown University. Segundo ela, os custos reais são quatro vezes maiores, da ordem de US $ 5. 600 mil milhões [2].

Apresentada como a «guerra global ao terrorismo», todos esses conflitos visavam na realidade, de acordo com o Almirante Arthur Cebrowski, destruir as estruturas estatais da parte do mundo não conectada à economia global.

Tradução
Alva

[1] Quarter 2: Cost of War Update as of March 31, 2018, US Department of Defense.

[2] Summary of US Costs of War in Iraq, Afghanistan, Pakistan, Syria and Homeland Security, FY2001-2018 («Resumo dos Custos para os EUA da Guerra no Iraque, no Afeganistão, na Síria e Segurança Interna, FY2001-2008»- ndT), Brown University.

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.