Rede Voltaire

Assassinato de Alexander Zakharchnenko

+

A 31 de Agosto de 2018, Alexander Zakharchenko, o Presidente da República Popular de Donetsk (ou Malorossia), foi morto aquando de um atentado à bomba. O Ministro das Finanças, Alexander Timofeyev, e dez outras pessoas ficaram feridas.

A polícia conseguiu identificar os autores do atentado e uma caça ao homem foi aberta. Os assassinos trabalhariam para o Serviço de Segurança da Ucrânia.

Alexander Zakharchnenko foi signatário dos Acordos de Minsk II que o Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, se recusa a aplicar.

Três dias de luto foram decretados em Donestsk pelo Conselho de Ministros.

A Federação da Rússia apelou imediatamente para um inquérito internacional. O Presidente Vladimir Putin apresentou as suas condolências à família do falecido e ao povo de Donestk. O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, anulou todas as reuniões de negociações no formato Normandia (Alemanha, França, Rússia e Ucrânia).

A República Popular de Donetsk é reconhecida apenas pela Ossétia do Sul. O Presidente Anatoly Bibilov denunciou o atentado como sendo um «terrorismo de Estado».

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.