Segundo o Wall Street Journal [1], os Estados Unidos encaram várias opções na Síria, especialmente a de atacar objectivos russos e iranianos, correndo o risco de provocar uma Guerra Mundial.

Entretanto, o jornal assegura que a Casa Branca também considera, alternativas políticas e económicas, não necessariamente as opções militares.

[1] “Assad Is Planning Chlorine Attack, U.S. Says”, Dion Nissenbaum, The Wall Street Journal, September 10, 2018.