Rede Voltaire

Um Grande Júri chamado a pronunciar-se sobre a presença de explosivos no WTC a 11-de-Setembro

+

O Comité de juristas para uma investigação sobre o 11-de-Setembro (Lawyers Committee for 9/11 Inquiry) foi criado em Nova Iorque, em Fevereiro de 2018. Em Abril, ele depôs uma petição de 52 páginas, e 57 elementos de prova, perante o Procurador do Distrito Sul de Nova Iorque. No fim do prazo regulamentar de seis meses, este designou um Grande Júri para analisar a queixa.

Nesta fase, o Comité de Juristas não põe em causa a versão Bushiana dos atentados do 11 de Setembro de 2001. Ele não se pronuncia sobre o impacto dos dois aviões que atingiram dois dos três prédios destruídos. Ele concentra-se, exclusivamente, sobre a presença de explosivos nas torres WTC1, WTC2 e WTC7. Ele constata que o papel que desempenharam naquele dia constitui um crime federal que não foi, até ao momento, inquirido.

No passado, o Procurador (Promotor-br) Geoffrey S. Berman foi, durante dois anos, sócio de Rudy Giuliani, Presidente da Câmara (Prefeito-br) de Nova Iorque na altura dos acontecimentos. Giuliani havia apelado aos seus concidadãos para que evacuassem as torres WTC1 e WTC2 depois de elas terem sido atingidas pelos aviões de passageiros, tendo em vista os riscos de desmoronamento que, a seu ver, elas apresentavam. Ora, os edifícios tinham sido construídos para resistir a choques muito mais violentos.

A reunião do Grande Júri deverá ter lugar em 2019. Esta será a primeira vez, dezoito anos após os crimes, que a justiça civil (e não a militar) norte-americana se debruçará sobre um aspecto dos atentados de 11-de-Setembro.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.

A invasão turca do Rojava
Tudo o que vos escondem sobre a operação turca «Fonte de Paz» (3/3)
A invasão turca do Rojava
Thierry Meyssan
O Curdistão, imaginado pelo colonialismo francês
Tudo o que vos escondem sobre a operação turca «Fonte de Paz» (2/3)
O Curdistão, imaginado pelo colonialismo francês
Thierry Meyssan
A genealogia da questão curda
Tudo o que vos escondem sobre a operação turca «Fonte de Paz» (1/3)
A genealogia da questão curda
Thierry Meyssan