Rede Voltaire

Declaração de Donald Trump reconhecendo Juan Guaido como presidente interino da Venezuela

| Washington, D. C. (Estados Unidos)
+
JPEG - 28 kb

Hoje, estou oficialmente reconhecendo o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaido, como presidente interino da Venezuela. Em seu papel como o único ramo legítimo do governo, devidamente eleito pelo povo venezuelano, a Assembleia Nacional invocou a constituição do país para declarar Nicolas Maduro ilegítimo, e, portanto, a vacância da presidência da república. O povo venezuelano se manifestou de forma corajosa contra Maduro e seu regime e exigiu a liberdade e o Estado de Direito.

Continuarei exercendo todo o poder econômico e diplomático dos Estados Unidos para pressionar pela restauração da democracia na Venezuela. Encorajamos outros governos do hemisfério ocidental a reconhecer o presidente da Assembleia Nacional, Guaido, como o presidente interino da Venezuela, e trabalharemos de forma construtiva com eles em apoio aos seus esforços para restabelecer a legitimidade constitucional. Continuamos responsabilizando diretamente o ilegítimo regime de Maduro por quaisquer ameaças que possa representar para a segurança do povo venezuelano. Como o presidente interino Guaido observou ontem: “a violência é a arma do usurpador; temos uma única ação clara: permanecermos unidos e firmes por uma Venezuela democrática e livre”.

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.