Rede Voltaire

Sabotagem da rede eléctrica da Venezuela

+

Durante mais de 30 horas, 18 das 23 províncias venezuelanas ficaram sem electricidade. A avaria, que começou em Caracas, propagou-se a todo o país.

Pelo menos 79 pessoas teriam morrido como resultado desta avaria, incluindo recém-nascidos em hospitais.

De imediato, o Presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, acusou o Poder de ter deixado o sistema eléctrico degradar-se e de ter roubado os fundos públicos alocados à sua manutenção. Depois, acusou o Presidente Nicolas Maduro de assassinar os bebés.

Por seu lado, as autoridades conseguiram, depois de várias horas, determinar a causa da avaria : um ataque informático. O Ministro da Informação, Jorge Rodriguez, acusou o Senador norte-americano Marco Rubio de saber disso desde o começo, como provaria uma das suas declarações.

Marco Rubio estabeleceu um paralelo entre este ministro e o seu homólogo iraquiano, sob o governo do Presidente Saddam Hussein, Muhammad Saeed al-Sahaf (o «Bagdad Boy»), o qual falava cheio de orgulho na televisão poucos minutos antes da destruição da capital sob as bombas dos EUA e a queda do regime.

A sabotagem tem sido tradicionalmente uma das funções da CIA, primeiro contra a URSS, depois, e actualmente, em todos os teatros de operação (Líbia, Síria, Venezuela, Iémene). A destruição das redes eléctricas é reputada como atingindo profundamente o moral das populações.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.