Rede Voltaire

Londres deliberadamente deixou uma rede criminosa financiar a jiade

+

Segundo o Sunday Times [1], as administrações britânicas deixaram uma rede criminosa desviar 8 bilhões (mil milhões-pt) de libras para financiar a jiade sem intervir.

O Sunday Times afirma que o MI5 não foi informado dessas atividades, mas não diz quem protegeu os financiadores da jiade.

Esta informação confirma a investigação de Thierry Meyssan sobre o apoio dado, por meio século, pela Coroa à Confraria dos Irmãos Muçulmanos e ao terrorismo islâmico [2].

O semanário menciona transferências de fundos observadas pela administração alfandegária para a Alcaida, bem como ligações com os autores dos atentados de Londres de 7 de Julho de 2005. Um funcionário garante até que viu um dos responsáveis da rede em conversação com o Primeiro-ministro Tony Blair durante a guerra contra o Iraque.

Tradução
Alva

[1] “Taxman kept quiet while £8bn fraud helped fund Osama bin Laden”, Tom Harper, The Sunday Times, March 30, 2019.

[2] Sous nos yeux. Du 11-Septembre à Donald Trump, Thierry Meyssan, éditions Demi-Lune, 2017.

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.