Rede Voltaire

Quem tem medo de Alfredo Jalife?

+

A web e a imprensa mexicana se inflamaram por causa do Professor Alfredo Jalife-Rahme, que nós publicamos há quinze anos.

De acordo com uma carta aberta ao Chefe de Estado, Andrés Manuel López Obrador (AMLO), de 120 intelectuais de extrema-direita neoliberal (incluindo o ex-Promotor Morales Lechuga, corrompido por El Chapo, e o ex-Chanceler Castañeda Gutman do conselho de administração do Stanford Bank, ligado ao Cartel do Golfo), Alfredo Jalife seria uma personalidade «pregando um discurso de ódio» de quem ele não deveria aproximar-se, acima de tudo.

O canal do YouTube Jalife-Rahme, criado em 2013, é assistido por mais de 200.000 inscritos e suas conferências mensais são vistas por quase um milhão de internautas.

Alfredo Jalife é um médico, membro fundador da Associação Internacional de Médicos para a Prevenção da Guerra Nuclear, que recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1985. Ele é agora professor de geopolítica na UNAM (Universidade Nacional Autônoma do México) e colunista em vários jornais, entre os quais o mais lido em língua espanhola (castelhano- ndT) no mundo, La Jornada. Ele é incontestavelmente reputado como o melhor geopolitólogo da América Latina.

Seus laços com o novo Presidente mexicano são conhecidos de todos. Andrés Manuel López Obrador prefaciou sua obra La desnacionalización de Pemex (Orfila, 2009), revelando o modo como os Estados Unidos assumiram o controle do petróleo mexicano e obtiveram, assim, a autossuficiência em matéria de energia.

A posição de Jalife sobre a privatização da eletricidade, valeu a sua esposa ser ameaçada de morte, de revólver na mão, por três guarda-costas do antigo Chanceler (Ministro-pt) Jorge Castañeda Gutman (o homem de George Soros no México), durante o governo de Vicente Fox. O México é o país do mundo onde, nos últimos anos, os assassinatos políticos foram mais frequentes.

O Professor Jalife-Rahme é conhecido por ter denunciado inúmeros escândalos de corrupção, entre outros, incluindo aqueles envolvendo vários bancos israelenses (israelitas-pt) ou comunitários, como o grupo financeiro MIFEL. É sua atividade para defender a probidade pública que lhe vale hoje a acusação de pregador de ódio.

O Presidente Andrés Manuel López Obrador (AMLO) declarou a seu respeito que é uma «pessoa muito boa» (muy buena persona).

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.