Rede Voltaire

Na questão de Chipre, a UE continua a favorecer a Turquia

+

O Conselho da União Europeia condenou de forma envergonhada as acções ilegais de perfuração petrolífera da Turquia nas águas territoriais de Chipre, ao mesmo tempo a Oeste e no Nordeste da ilha.

Num comunicado, declarou : «O Conselho apela de novo à Turquia para abster-se de acções deste tipo, a agir num espírito de boa vizinhança e a respeitar a soberania e os direitos soberanos da República de Chipre, em conformidade com o Direito Internacional»

Desde a adesão de Chipre à União Europeia, o Conselho multiplica este tipo de declarações sem efeito. Um parte da ilha continua a ser ilegalmente ocupada pelo exército turco e a sua população privada dos seus direitos no seio da UE.

A União Europeia continua a manter negociações de adesão com a Turquia. Continua a subsidiar a modernização da sua economia e o fecho da sua fronteira ocidental aos migrantes.

No entanto, no contexto das tensões da Turquia com a OTAN, a União Europeia atreveu-se até declarar: «O Conselho decide suspender as negociações relativas ao acordo global sobre transporte aéreo, e concorda em não organizar de momento sessões do Conselho de associação nem outras reuniões no quadro dos diálogos de alto nível entre a UE-Turquia. O Conselho faz sua a proposta da Comissão visando reduzir a ajuda de pré-adesão em favor da Turquia para 2020 e convida o Banco Europeu de Investimento a rever as suas acções de concessão de empréstimos à Turquia, nomeadamente no que diz respeito aos empréstimos respaldados em activos soberanos»; em suma, o apoio da UE à Turquia poderá abrandar, mas, de momento, tudo continua como está: os direitos dos Cipriotas são espezinhados e o roubo do seu petróleo começa.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.