Rede Voltaire

Macron pretende que fala com o Irão por conta dos EUA

+

Segundo a imprensa, o Presidente francês, Emmanuel Macron, teria proposto ao seu colega iraniano, Xeque Hassan Rohani, encontrar-se com o Presidente Donald Trump durante a Cimeira (Cúpula-br) do G7 em Biarritz, no fim de Agosto.

Muito embora nenhuma delegação iraniana tenha sido convidada para esta reunião diplomática.

Reagindo violentamente, Donald Trump twittou: «O Irão tem graves problemas financeiros. Eles querem desesperadamente conversar com os Estados Unidos, mas recebem sinais confusos da parte de todos aqueles que pretendem representar-nos, incluindo o Presidente francês Macron .... .... Eu sei que Emmanuel quer agir bem, como todos os outros, mas ninguém fala pelos Estados Unidos, à excepção dos próprios Estados Unidos. Ninguém está autorizado, seja de que maneira for, sob qualquer forma que seja, a representar-nos!».

Este incidente acontece quando a França tentou criar uma força militar de vigilância do tráfego petrolífero no Estreito de Ormuz e o Reino Unido exigiu que os Estados Unidos pudessem participar nela.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.