Rede Voltaire

Sabotagens na Síria

+

A crise de energia continua na Síria. Em 21 de Dezembro de 2019, ataques de drones atingiram três instalações petrolíferas e de gás na província de Homs. Em 28 de Janeiro de 2020, oleodutos submarinos foram sabotados com explosivos ao largo Banyias (foto).

Mesmo que seja provável que estes ataques e sabotagens tenham sido realizados por jiadistas, nada permite considerar isto com certeza.

A Síria precisa de cerca de 100.000 barris por dia. Ela produzia 350.000 antes da guerra, mas hoje em dia apenas 24.000. Esta crise não permite produzir suficiente eletricidade de modo que são feitos cortes durante metade do dia. Segue-se a impossibilidade de trabalhar para a indústria e de aquecimento para os particulares enquanto a temperatura se avizinha de zero graus durante o inverno.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.