Rede Voltaire

O Povo palestino é o único a não ser protegido pelo Conselho de Segurança

+

No decorrer dos últimos 19 anos —de 29 de Setembro de 2000 (A / 55/432-S / 2000/921) a 11 de Dezembro de 2019 (A / ES-10/831-S / 2019/937) - a Autoridade Palestina apresentou 678 queixas no Conselho de Segurança contra novos atos ilegais do Estado de Israel.

Apesar das demandas da Assembleia Geral, nenhuma dessas queixas foi julgada pelo Conselho de Segurança.

O Estado de Israel é o único no mundo a se beneficiar de um tal tratamento preferencial; o Povo palestino (ou palestiniano-pt) é o único no mundo a não ser protegido pelo Conselho de Segurança.

Tradução
Alva

Rede Voltaire

Voltaire, edição internacional

Este artigo encontra-se sob licença creative commons

Poderá reproduzir livremente os artigos da Rede Voltaire desde que cite a fonte, não modifique o conteúdo e não os utilize para fins comerciais (licença CC BY-NC-ND).

Apoiar a Rede Voltaire

Utilizando este site poderá encontrar análises de elevada qualidade que o ajudarão a formar a sua compreensão do mundo. Para continuar com este trabalho necessitamos da sua colaboração.
Ajude-nos através de uma contribuição.

Como participar na Rede Voltaire?

Os participantes na rede são todos voluntários.
- Tradutores de nível profissional: pode participar na tradução de artigos.