O anúncio do Presidente Donald Trump, em 27 de Julho de 2020, que proximamente declararia os Antifas como organização terrorista baseia-se num relatório do Departamento da Pátria (Homeland Security), de 24 de Junho.

Este, intitulado «O conflito sírio e as suas ligações com os movimentos antifascistas baseados nos Estados Unidos» (The Syrian Conflict and Its Nexus to U.S.-based Antifascist Movements) (para download abaixo), descreve o envolvimento dos Antifas dos EUA ao lado das forças curdas. Ele baseia-se no nosso artigo « As Brigadas Anarquistas da OTAN», por Thierry Meyssan, Rede Voltaire , 12 de Setembro de 2017.

Os Antifas são um movimento subvencionado pelo especulador George Soros e colocado ao serviço da OTAN. Nos Estados Unidos, eles coordenaram as manifestações anti-racistas desde a morte de George Floyd, em 25 de Maio. Precisamente em Portland, enfrentam os policias (policiais-br) federais do Departamento da Segurança da Pátria, queimam bandeiras dos EUA, e ainda Bíblias diante do Tribunal Federal.

O Departamento de Segurança da Pátria foi criado pelo Presidente George W. Bush após os atentados do 11 de Setembro de 2001. Paradoxalmente, começara por denunciar Thierry Meyssan. Isto, antes da eleição de Donald Trump ...

Tradução
Alva

Documentos anexados