O Partido Democrata do Presidente Biden exerce actualmente fortíssimas pressões sobre as empresas de TV por cabo a fim de que não distribuam certas televisões nos Estados Unidos.

Trata-se de cortar a
- Fox News ;
- One America News Network (OANN) ;
- Newsmax.

Estes três canais são acusados de serem opositores políticos que apoiaram o Presidente Trump.

Os deputados Representantes pela Califórnia, Anna G. Eshoo, e Jerry Mc-Nerney, escreveram aos principais operadores de cabo (Comcast, Verizon e Cox) e às plataformas de internet (Roku, Apple e Hulu) para os instar a cessar de difundir «desinformação».

Os dois parlamentares são membros da Comissão da Energia e do Comércio (House Energy and Commerce Committee), que realizou, em 24 de Fevereiro, uma audiência sobre o tema: «Atiçar as chamas: desinformação e extremismo nos média (mídia-br)» ( Fanning the Flames: Disinformation and Extremism in the Media ).

A Constituição dos Estados Unidos proíbe ao Congresso colocar o mínimo limite à liberdade de expressão.

Tradução
Alva