O Conselho dos Guardiões da Constituição invalidou cerca de 600 candidaturas à eleição presidencial da República Islâmica do Irão (Irã-br) de 18 de Junho de 2021. Entre as quais as dos dois antigos aliados que se tornaram adversários, Mahmud Ahmadinejad e Ali Laridjani.

Assim validou:
- Amirhossein Ghazizadeh-Hachémi,
- Abdolnasser Hemmati, Governador do banco central,
- Saïd Jalili, antigo Secretário-Geral do Conselho Supremo de Segurança Nacional,
- Mohsen Mehralizadeh, antigo Vice-Presidente,
- General Mohsen Rézaï, antigo Comandante-em-Chefe dos Guardas da Revolução,
- Ebrahim Raïssi, Chefe da Autoridade judiciária,
- Aliréza Zakani, Deputado.

Tudo parece ter sido feito para favorecer Ebrahim Raïssi, que uma sondagem (pesquisa-br) da agência Fars dá como vencedor por 72,5%. Ele foi dado como possível sucessor do Guia Ali Khamenei, de quem é muito próximo.

Tradução
Alva