Em 17 de Junho de 2021, a Câmara de Representantes votou pela revogação da Lei de 2001 autorizando o uso da força (Authorization for Use of Military Force of 2001) conforme aos acordos da Cúpula (Cimeira-pt) de Genebra (dita «Ialta 2»).

Esse texto havia autorizado os Presidentes dos Estados Unidos a lançar guerras contra os autores dos atentados de 11 de Setembro de 2001. Segundo o Congressional Research Service, este texto foi invocado em 39 ocasiões para 14 países [1].

Ele havia sido adotado em 18 de Setembro de 2001, aprovando a doutrina Rumsfeld/ Cebrowski, que não havia sido ainda sido tornada pública [2]. Sua revogação deverá ser confirmada pelo Senado até o final do mês de Junho.

Tradução
Alva

[1] Presidential References to the 2001 Authorization for Use of Military Force in Publicly Available Executive Actions and Reports to Congress, Matthew Weed, Congressional Research Service, February 16, 2018.

[2] “A doutrina Rumsfeld/Cebrowski”, Thierry Meyssan, Tradução Alva, Rede Voltaire, 25 de Maio de 2021.