Os Talibã recuperaram o sistema de identificação biométrica dos EUA, HIIDE (Handheld Interagency Identity Detection Equipment), segundo o The Intercept [1].

Durante 20 anos, as forças de ocupação dos EUA estabeleceram um arquivo biométrico de quase toda a população afegã, incluindo scans (varreduras-br) da íris e impressões digitais completas. Todas as pessoas entrando ou saindo do Afeganistão, todas aquelas que alguma vez haviam sido detidas ou que tinham trabalhado para os Estados Unidos foram registadas.

Não está claro se os Talibã tem o conhecimento suficiente para manejar de imediato esta base de dados ou se terão que pedir ajuda aos Serviços Secretos paquistaneses.

Os Talibã capturaram também as listas completas pessoas que foram torturadas ou assassinadas pela contra-insurreição norte-americana (Força de Proteção Khost e Direção Nacional de Segurança).

Tradução
Alva

titre documents joints


(PDF - 3.3 Mb)

[1« The Taliban Have Seized U.S. Military Biometrics Devices », Ken Klippenstein & Sara Sirota, The Intercept, August 18 2021.